Esta criação surgiu como uma resposta do Inominável aos modos de produção e exibição do fazer teatral na cidade do Rio de Janeiro. Dado o crescente desmantelamento das políticas culturais públicas e privadas, percebemos que o nosso trabalho estava cada vez mais impossibilitado de chegar a quem nos interessava: o público, as pessoas de nossa cidade.

Certo dia, nos flagramos perplexos com o seguinte: andamos, no dia a dia, entre pessoas nas ruas e, depois, entramos num edifício teatral, quase um esconderijo, para fazer o mesmo, para encontrar com as mesmas pessoas que já cruzávamos pelas ruas. Ali nos veio essa questão: por que fugir das pessoas nas ruas para reencontrá-las num teatro? Por que não fazer o nosso trabalho no espaço da cidade, sem instituição ou edifício a intermediar esse encontro?

 

Fotografias de Thaís Barros

 

De junho a agosto de 2017, fizemos inúmeros encontros de criação em praças diversas da cidade do Rio de Janeiro. Neles, além de observarmos a cidade e os cariocas com renovado interesse e atenção, experimentamos ações e pequenos gestos que pudessem – junto ao "texto" já escrito na e da cidade – modificar um pouco alguma coisa. Começamos com um pano rosa tingindo o ar, depois evoluímos para cortejos com cantorias, danças irrompendo no meio do dia e muita contemplação, muita pausa, muita calma.

Após meses, percebemos que nossas ações buscavam fazer com que surgisse na cidade algum breve momento de alegria. Começamos então a reconhecer que esse era o rumo e também o desafio que essa nova criação nos convidava a experimentar: como ultrapassar um tipo de poética fundada na denúncia das mazelas de nossa realidade social e política para, em seu lugar, investir a nossa potência com o intuito de efetivar a produção e a partilha de algum tipo positividade e bem estar? 

TOMA ALEGRIA foi realizado uma única vez, em 27 de setembro de 2017, integrando a programação do BOSQUE: PUC CENA EXPERIMENTAL na Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio de Janeiro.

 

Equipe de Criação

Criação Coletiva: Adassa Martins, Andrêas Gatto, Clarissa Menezes, Diogo Liberano, Flávia Naves, Gunnar Borges, Laura Nielsen, Márcio Machado, Natássia Vello e Thaís Barros

 

© Copyright 2019
Todos os direitos reservados
Desenvolvimento: Diogo Liberano


Facebook Twitter Vimeo Instagram